Com a chegada do tempo frio, sintomas das doenças reumáticas se agravam em pacientes crônicos

Pacientes de reumatismos e outras doenças reumáticas precisam redobrar os cuidados durante o clima frio

O tempo frio é responsável por agravamento significativo dos sintomas associados às doenças reumáticas. No inverno, as temperaturas mais baixas podem causar dores no corpo. O clima em si não é causa de dor nem de reumatismo. No entanto, existem fatores relacionados às baixas temperaturas que podem, sim, desencadear ou piorar as dores no corpo.

A Sociedade Brasileira de Reumatologia realizou um levantamento sobre os sintomas aumentados durante o clima frio. O estudo aponta que os mesmos podem ser mais intensos nas articulações periféricas, como os pés e as mãos, nas quais a temperatura corporal é menor, sobretudo se a pessoa também tiver alguma insuficiência circulatória afetando artérias ou veias Além disso, o frio é um dos estímulos mais conhecidos para o agravamento do espasmo vascular conhecido como fenômeno de Raynaud.

Segundo estudo realizado pela Universidade de Utrecht, Holanda, pessoas com doenças reumáticas são muito sensíveis com as condições meteorológicas. As viroses também são bastante comuns nesta época do ano. A presença do vírus no organismo pode provocar ou piorar dores articulares nos pacientes reumáticos.

De acordo com a médica especializada em reumatologia, Catarina Vila, com o frio, a musculatura do corpo fica mais contraída e essa contratura muscular pode causar ou piorar a dor. “A musculatura rígida é menos vulnerável. Por isso, o sedentarismo ou a interrupção da atividade física é desaconselhável”, ressalta a médica.

Catarina também ressalta que quadros depressivos são agravados com a chegada do frio. “A depressão altera a percepção da dor de forma a torna-la mais intensa. Além disso, a baixa temperatura altera o processo bioquímico da dor, piorando o desconforto”, explica Vila.

O conselho da especialista é a proteção. Para se proteger nessa época fria do ano, é muito importante tomar algumas precauções gerais que valem para todos: manter-se agasalhado, não interromper a atividade física, tomar as vacinas recomendadas para cada caso (gripe H1N1 e Pneumonia,). Para os pacientes com doenças reumáticas inflamatórias é importante manter a doença fora de atividade. Para a Fibromialgia e os problemas de coluna, alongar um pouco antes de sair da cama, tomar banho mais quentinho, ou uma boa massagem também pode ajudar.

Fonte: Divulgação

Deixe um comentário